Closet: como simplificar seu armário

Closet: como simplificar seu armário

Como anda seu armário? Você olha pra ele e sente aquela sensação boa, de plenitude? Ou faz cara feia, reclama, repete a famosa frase: ai meu Deus, não tenho roupa, que roupa vestir? Pois é, o primeiro passo a fazer é um limpa geral. Isso mesmo, tirar tudo aquilo que não lhe causa alegria. Quando olhar para aquela peça que você não usa, mas tem dó de dar embora, pense se ela lhe traz alegria. Assim fica muito mais fácil organizar seu armário. Vivemos em um mundo onde tudo é facilmente acessível, por meio de compras físicas, online, promoções, etc. É difícil não deixar-se seduzir por esse mundo e cair na armadilha de comprar aquilo que não precisava.

Closet1-2

Esse exercício de limpeza vai ajudá-la a descobrir o que realmente funciona em seu corpo, o que te faz feliz, qual mensagem você quer transmitir ao mundo e aprender a ter disciplina ao comprar. Isso serve para qualquer aspecto de nossas vidas.

E o que fazer quando se tem relutância em livrar-se daquele item?

Alguns especialistas sugerem fazer-se a seguinte pergunta: você gastou muito dinheiro com a peça, por isso não quer eliminá-la? Foi um presente que ganhou e não acha justo dar embora? Que tal pensar que a peça ou acessório vai fazer bem a outra pessoa, que mantê-la parada, sem uso só retém energia, que, assim como a vida, os objetos também precisam de movimento. É o fluxo da vida. Movimento traz movimento.

Em relação a alguns itens de grande valor sentimental, como aquela roupinha linda da filha que já cresceu, ou aquela roupa de tricô feita pela vovó, entre outras peças, limite-se a armazená-los em uma caixa única.

Muito comum também é guardar várias peças que não servem mais, achando que você vai emagrecer um dia e lhe caberão todas. Doce ilusão! Pode até acontecer, mas já pensou que a maioria das roupas estarão fora da moda? De que adiantou o esforço? Uma dica é selecionar poucas peças nessa situação, de preferência peças atemporais, que são certeza de uso prolongado. Isso porque a logística da coisa é tão grande que nem sempre vale a pena: emagrecer, levar as peças à costureira, medir, pagar pelos consertos (que nem sempre ficam bons e causam aborrecimento), é mais fácil renovar e comprar novos itens que serão mais úteis e atuais.

Closet1-3

Algumas peças são eternas e atemporais. Toda mulher deve ter:

– camisa branca, sempre clássica, traz elegância e classe à qualquer produção;

– vestido wrap ou transpassado, que pode ser usado em dias quentes ou frios;

– calça jeans e calça preta, que vão bem com tudo, em looks casuais ou chiques;

– saia midi, longa, reta, bem acinturada, faz bonito em qualquer look;

– blazer básico, branco ou preto, dá um up à produção;

– tops coloridos, em decote V, que alongam a silhueta.

Blazer

Jeans1

Long skirt

Skirt midi

Skirt midi1

Blazer1

wrap dress

O que toda mulher precisa é prestar mais atenção ao se vestir e fazer as escolhas certas. Construir uma base forte primeiramente com itens indispensáveis. Depois partir para os complementos e sua roupa vai alcançar o potencial mais elevado de elegância e charme. Invista em lingeries de qualidade, que tenha um caimento perfeito no seu corpo.

E, por último, não adie esse compromisso com você mesma. Seja corajosa e não dê a desculpa da falta de tempo. É um processo terapêutico, você vai sentir a alegria tomar conta de você. Cuidar se si mesma deve ser uma exigência. Lembre-se disso!

Fotos: Reprodução

1Comment
  • Dicas ótimas!/ 14.06.2015Responder

    Texto muito bem elaborado. Ótimas sugestões.

Leave a Comment