Um giro pelas Semanas de Moda

Um giro pelas Semanas de Moda

Depois de Nova Iorque estrear a abertura do circuito de moda internacional, é a vez de Londres, Milão, Paris e logo mais São Paulo.

A Semana de Moda é um evento que dura aproximadamente uma semana e permite que criadores de moda e da indústria do vestuário, incluindo calçados, bolsas e acessórios mostrem suas coleções através de desfiles, ditando tendências futuras. A fashionweek acontece em diversos cantos do mundo, mas as mais importantes são realizadas em cinco capitais da moda: Nova Iorque, Londres, Milão, Paris, São Paulo e Berlim.

A cada temporada novos estilistas são inseridos nesse circuito e despontam como designers criativos e promissores, assim como os veteranos se reinventam e criam coleções magníficas e exclusivas. É difícil acompanhar tanta novidade, pois são aproximadamente trinta grifes que apresentam suas coleções de outono/inverno entre janeiro e abril e de setembro a novembro as coleções de primavera/verão.

Acompanhe algumas grifes que destacamos nessa temporada de primavera-verão para 2016 e inspire-se com as novas tendências.

Londres

A coleção da Burberry apresentou muita renda inglesa, transparência e tecidos vazados em vestidos, criando um ar feminino e sensual, assim como as correntes douradas das bolsas que trouxeram sofisticação. Destaque para o preto e o amarelo.

burberry-01

burberry-02

burberry-03

Christopher Kane trouxe para a fashionweek de Londres looks assimétricos, franjas e muita cor, principalmente com a técnica de jatos de tinta, como se as roupas tivessem manchas. O multicolorido já é a marca registrada do estilista. A coleção tem um ar de anos 90, um tanto ousada, podemos dizer.

christopher-kane-01

christopher-kane-02

christopher-kane-03

christopher-kane-04

Milão

O italiano veterano Giorgio Armani apostou em vários tons de vermelho como base para compor looks sofisticados e elegantes de sua coleção apresentada na fashionweek de Milão. É o “fil rouge” ou fio vermelho, como afirma Armani sobre sua coleção de verão que tem um apelo navy com muitas listras e cordas, em uma composição de azul e vermelho. A alfaiataria veio em calças leves e paletós acinturados.

O vermelho foi composto também com cores neutras como branco, preto e cinza em produções como jaquetas, shorts, calças de organza, vestidos de chiffon, longos de festa e acessórios diversos com destaque para as sandálias estilosas e chapéus ondulados. Um luxo!

armani-01

armani-02

armani-03

armani-04

armani-05

A Missoni trouxe uma coleção rica em cores nobres, com algumas referências tribais e o icônico zigue-zague que é sua marca registrada. Kaftans, vestidos alongados e colados ao corpo, fios de seda brilhantes e muitas listras.

missoni-01

missoni-02

missoni-03

A Salvatore Ferragamo de seu diretor criativo Massimiliano Giornetti apresentou uma coleção chique com vestidos longos e fluidos, calças elegantes, ombros à mostra e cinturas acentuadas. Produções monocromáticas predominaram na coleção, com destaque para linhas minimalistas e cortes perfeitos, enaltecendo a sensualidade da mulher. Os sapatos de saltos baixos foram destaque, em várias cores, contracenando com os looks de cores únicas das peças. Destaque também para as bolsas em formatos diferenciados, em couro artesanal, pura sofisticação. Belíssima coleção!

ferragamo-01

ferragamo-02

ferragamo-03

ferragamo-05

E você, o que achou? Aguarde que vem mais tendência por aí!

Fotos: Vogue UK

 

No Comments

Leave a Comment