Que tal uma casa mais sustentável? Parte I

Que tal uma casa mais sustentável? Parte I

Muito se fala em sustentabilidade, é verdade. Mas pouco se faz ainda sobre o tema, pois é preciso mudanças drásticas de hábito, costume, visão de futuro, enfim, uma série de medidas necessárias para colaborar com o meio ambiente em que a gente vive. Mesmo sem grandes recursos é possível ter a iniciativa e fazer pequenas mudanças no dia a dia.

Se você mora em uma cidade muito quente, por exemplo, invista em cores claras tanto na fachada quanto no interior da casa. A cor clara deixa os espaços mais fresquinhos, pois refletem completamente a luz solar.

sust19

sust20

As lâmpadas de LED têm um consumo bem menor de energia e duram muito, apesar de serem mais caras. Vale a pena a troca, o custo X benefício compensa.

sust1

sust2

Se puder, instale um sistema de calhas no telhado para recolher a água da chuva e levá-lo a uma cisterna, onde essa poderá ser reutilizada para lavar o quintal, regar plantas, por exemplo. É baratinho e você ainda colabora com a economia de água. Muito usado hoje em dia é o sistema de gotejamento automático. Ele faz com que as plantas sejam regadas aos poucos, com um pequeno volume de água, de maneira eficiente, embora seja um sistema caro. Outra forma eficiente é regar as plantas sempre pela manhã para evitar a evaporação com maior gasto de água.

sust5

sust4

sust6

Vai construir? Opte por pintar o telhado de branco, pois a cor reflete o calor e o joga de volta à atmosfera. Os chamados “green roofs” ou telhados verdes também são muito recomendáveis. É uma espécie de jardim no telhado de casas e prédios que ajuda a reduzir o calor, pois absorve a poluição.

sust18

sust7

Os painéis solares também são muito indicados como fonte de eletricidade, além de reduzir a conta de luz. O investimento se paga em aproximadamente cinco anos de uso.

sust3

O cultivo de plantas em apartamentos ou casas é uma ação simples que traz benefícios enormes, além de embelezar o ambiente. As plantas contribuem para a absorção da chuva. Os vasinhos com temperos são fresquinhos e trazem vida à casa.

sust9

sust08

A luz solar natural é primordial. Planeje sua casa para obter a melhor ventilação e luz ao longo do dia. Uma casa bem ventilada e iluminada naturalmente, abre mão do uso do ar-condicionado e luzes acesas.

sust21

Fique de olho em vazamentos de água, mesmo que em quantidade mínima. Isso ao final do mês pode ser um desperdício enorme.

Prefira comprar móveis feitos de matérias-primas sustentáveis como bambu, madeira, cimento reciclado, pneus, papelão, garrafas de vidro, pet, entre outros. Decorar a casa com materiais alternativos e reciclados é um jeito simples, econômico e criativo de colaborar com o planeta. Um pouco mais cara é a madeira de lei e móveis de antiquários. Além de exclusivos e charmosos, eles evitam que novas peças sejam construídas e poupam matéria-prima como água e energia em sua produção.

sust14

 

sust10

Com disposição e criatividade é possível adaptar sua casa às necessidades do meio ambiente e ter a sensação de poder contribuir com o futuro.

No Comments

Leave a Comment