Um fenômeno chamado Louboutin

Um fenômeno chamado Louboutin

Todas já sabemos que os sapatos Christian Louboutin são um fenômeno no mundo todo. Há muitos anos eles mantém o status de clássicos e inovadores ao mesmo tempo. Saltos finos e enormes, plataformas altíssimas, belas peças divertidas e inovadoras, linhas refinadas e um design para poucos.

Lindos e sofisticados, é uma das marcas-desejo de toda a mulher e o preferido das celebridades. A marca icônica do solado vermelho é um verdadeiro sonho de consumo que faz sucesso em qualquer ocasião, desde o clássico e maravilhoso modelo scarpin Pigalle, preto de verniz, ao mais ousado, colorido e com brilhos. Com preços pra lá de elevados, os sapatos são feitos à mão e muitos modelos possuem cores contrastantes, rendas, franjas, miçangas, piton, couro, cristais swarovsky. Detalhe: quando você compra um modelo, você ganha um saltinho reserva, no caso de desgaste. Uma verdadeira joia.

No Brasil são apenas três lojas, uma em Brasília no Shopping Iguatemi e duas em São Paulo, também no Iguatemi e no JK.

O célebre Christian Louboutin começou a desenhar seus sapatos quando tinha apenas doze anos de idade, por influência de um sapato de salto que ficou no seu imaginário, num museu de Paris e seu fascínio pelas dançarinas de musicais, como o famoso Moulin Rouge. O solado vermelho, sua marca de autenticidade e exclusividade, surgiu por acaso. Ao concluir uma de suas peças, percebeu que faltava um “tchan” na coleção e viu que uma de suas assistentes pintava a unha com um esmalte vermelho. Aí o inusitado aconteceu, ele pintou a sola do sapato com o esmalte e a partir desse momento deu vida à sua arte e não parou mais.

Recentemente, o designer foi eleito pelos estúdios Disney para recriar o sapato de Cinderela no relançamento da história da personagem.

Louboutin é apaixonado por saltos altíssimos e fez questão de declarar em várias entrevistas que não prioriza conforto em suas criações, porque o conforto para ele está relacionado a algo estável, estagnado. É como perder o potencial criativo. Interessante esse pensamento, não é mesmo? Definitivamente “o sapato” must have.

Salve a arte!

Anna Ribeiro
Editora Portal Living Café

Fotos: Reprodução

No Comments

Leave a Comment